Hino de Jaci

Letra: João Rodrigues Pereira

Música: Eloisa Ferreira Barbosa Rigonato

 

I

Aqui era o Sertão do Avanhandava

O luar um intenso mar de prata

E os desígnios de Deus prenunciam

A Miralua vir surgir na densa mata

E da meiga alusão Tupi Guarani

Ao mirar a lua exclamou Jaci.

 

REFRÃO:

Jaci, Jaci, Jaci, terra de plena alegria,

Gente modesta e feliz

Onde o trabalho gera harmonia

E engrandece o teu parque fabril Por isso sempre compartilhamos,

Dos sucessos do Brasil.

 

II

Aconchegante e hospitaleira és tu, Jaci,

De reconhecida terra boa e água pura,

Aqui se vive de amor e ternura

Conceito que orgulha os filhos teus,

E, de braços abertos permanentes,

Acolhemos toda gente, unindo filhos de Deus.

 

III

Somos firmes e muito exigentes,

Nada de inseguro em nossas mentes,

Para que tudo seja exemplar,

Como o Lar São Francisco de Assis,

Porta aberta para um mundo feliz,

E, assim sempre nos faz exaltar.